Esses dias

Um emaranhado de sonhos
E fio do tempo que se desenrola
Tão breve
Tão breve...
Mas, eternizado na memória
Como as doces recordações
Desses dias que me espacapam entre os dedos
E não voltam.
Desses dias que me fazem e desfazem
Acalentando o meu espírito
Declarando esperanças.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Adormecer em um abraço